Pular para o conteúdo
Voltar

Salão Jovem Arte 2021 abre inscrições na próxima quinta-feira (1°.07)

Ao todo, serão selecionados 64 artistas de dez categorias das artes visuais
Protásio de Morais | Secel-MT

Obra de Benedito Nunes, veterano do Salão Jovem Arte que faleceu em 2020 - Foto por: Divulgação
Obra de Benedito Nunes, veterano do Salão Jovem Arte que faleceu em 2020
A | A

A mais importante vitrine das artes visuais de Mato Grosso está de volta. Com o tema “Despertar Discos Imaginais”, o 26° Salão Jovem Arte abre inscrições na próxima quinta-feira (01.07), em link a ser divulgado semana que vem. A exposição expandida – em três diferentes espaços - ocorrerá entre os dias 6 de outubro e 10 de dezembro deste ano.

“Das mais cultuadas em Mato Grosso, as artes visuais se fortalecem com a nova edição de um dos mais tradicionais e longevos eventos de nossa cultura. A retomada do Salão Jovem Arte permite a consagração de nossos artistas e a revelação de novos talentos. Além disso, estimula a formação de público e garante momentos de lazer para os mato-grossenses. Viva a 26ª edição do Salão Jovem Arte e vida longa aos tão talentosos artistas de Mato Grosso”, comemorou Beto Dois a Um, secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso.

Ao todo, serão selecionados 64 artistas de dez categorias das artes visuais: pintura, desenho, ilustração, escultura/objeto tridimensional, fotografia, videoarte, grafite/muralismo, gravura, instalação e performance (a serem descritas em edital que será lançado no dia 1° de julho, no site da Secel).

Exposição expandida

As obras selecionadas serão expostas em três espaços físicos em Cuiabá: Na Galeria Lava Pés; no Museu de Artes e Cultura Popular (MACP-UFMT); e no Sesc Arsenal, além da possibilidade de visitação virtual.

Podem participar artistas residentes em Mato Grosso há pelo menos dois anos, cujas obras sejam inéditas ou tenham sido expostas apenas uma única vez.

As 64 obras selecionadas concorrerão a 18 prêmios em dinheiro, com valores de R$ 2 mil a R$ 6 mil em cada categoria e há ainda dois prêmios aquisitivos de R$ 8 mil.

Esta edição contará ainda com um programa educativo criado por artistas-educadores para formar professores interessados em abordar temas das artes visuais e cultura do Estado em sala de aula.

A exposição expandida será realizada pela Secretaria do Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), pelo Instituto Kurâdomôdo - Cultura Sustentável e pelo Centro Audiovisual Luiz Marchetti (CALM), e conta com o apoio da Assembleia Social, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e do Sesc Mato Grosso.

Tradição

O Salão Jovem Arte teve sua primeira edição em 1976, como resistência artística regional à ditadura militar. A proposta inicial era de que fosse anual, mas houve períodos de descontinuidade. A edição anterior foi realizada em 2016. Se as edições tivessem sido ininterruptas, o Salão estaria na 46ª edição.

O Instituto Kurâdomôdo Cultura Sustentável

A instituição é uma organização da sociedade civil (OSC) que busca destacar aspectos e expressões culturais diversas, (re)construir e cuidar das relações humanas dentro da sociedade e na natureza.

Com 19 anos de existência, o Instituto Kurâdomôdo traz, em sua nova fase de existência, outros formatos de parcerias com novos olhares sensíveis às maneiras de existir e coexistir na nossa sociedade. O instituto foi a OSC selecionada para gerir e produzir a 26ª edição do evento Cultural, juntamente com o Centro Audiovisual Luiz Marchetti (CALM).

Serviço

26° Salão Jovem Arte abre inscrições dia 1° de julho

Mais informações estão disponíveis no site www.discosimaginais.com ou em @salaojovemarte no Facebook e no Instagram.




Veja Também