Pular para o conteúdo
Voltar

Governo apresenta novo Bolsa Atleta com valores ampliados, mais categorias e atletas atendidos

Apresentado nessa quarta-feira (22.03), edital do projeto Olimpus MT conta com investimento de R$ 5 milhões e vai atender quatro vezes mais atletas em 2022
Cida Rodrigues | Secel-MT

Christiano Antonucci
A | A

Oportunizando um cenário de resultados cada vez mais positivos ao esporte mato-grossense, o Governo do Estado apresentou nesta quarta-feira (22.03) o novo edital do Projeto OlimpusMT. A seleção pública conta com investimento na ordem de R$ 5 milhões e visa conceder bolsas financeiras mensais a 615 atletas de todo o Estado.

"O OlimpusMT é um programa que está criando oportunidades para que centenas de jovens possam ser campeões através do esporte. Nossos atletas precisam desse estímulo, desse apoio que vai ajudá-los a se esforçar mais ainda e inspirar outros tantos jovens. É muito gratificante fazer parte dessa história e construir um dos mais robustos programas estruturais de investimento no desenvolvimento do esporte do país", celebrou o governador Mauro Mendes. 

O edital promovido pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) irá atender quatro vezes mais atletas em 2022 que a edição anterior e os valores mensais também foram ampliados, chegando a R$ 2 mil na categoria Internacional. Outra novidade é a inclusão da categoria Atleta Infantil, que beneficiará esportistas a partir de 9 anos de idade.

Aos esportistas de base, há três categorias de auxílio financeiro: a Infantil, com bolsas de R$ 200; a Base, no valor de R$ 400; e a Estudantil, de R$ 800. Já os atletas de alto rendimento podem pleitear bolsas mensais de R$ 1.200, na categoria Nacional, ou de R$ 2 mil reais, na categoria Internacional. Todos os contemplados recebem o benefício durante 12 meses.

Para o secretário adjunto de Esporte e Lazer da Secel, Jefferson Carvalho Neves, o investimento de R$ 5 milhões vai possibilitar um período de ainda mais conquistas esportivas para Mato Grosso.

"Por todo o país, toda a classe esportiva pergunta o que está acontecendo aqui em Mato Grosso, como foi possível essa evolução tão grandiosa. Desde a reformulação do projeto Olimpus em 2020, subimos o nível do esporte mato-grossense e daqui pra frente o caminho será de mais vitórias. Esse investimento grandioso do Governo do Estado é histórico e todos nós vamos nos orgulhar futuramente por fazermos parte desse momento".

A concessão de bolsa-atleta do Projeto OlimpusMT abrange modalidades individuais e coletivas, beneficiando praticantes de atletismo, basquete, futebol, judô, taekwondo, lutas, vôlei, dentre outras. O projeto prevê ainda que 20% das bolsas concedidas sejam reservadas a atletas com deficiência que atuam nas modalidades paradesportivas.

"Esse é um momento que vai ficar registrado na memória de todos aqueles que lutam pela valorização do esporte mato-grossense. O projeto olimpus 2022 é a consolidação de uma política pública esportiva mais poderosa vigente no Brasil. Estamos falando de um projeto amplo, inclusivo e que transforma a vida das pessoas", destacou o titular da Secel, Alberto Machado.

O edital e os formulários para inscrição estarão disponíveis no site www.secel.mt.gov.br/editais a partir de segunda-feira (28.03). As inscrições poderão ser feitas de 04 a 20 de abril.

Bolsa Técnico

Com a perspectiva de olhar o segmento esportivo como um todo, o Governo de Mato Grosso inovou e criou a modalidade Bolsa Técnico, que também faz parte do Projeto OlimpusMT. Instituída em 2021, a bolsa de auxílio financeiro beneficia atualmente 28 treinadores esportivos.

Para 2022, o acréscimo também será exponencial. Com recursos de R$ 1,56 milhões, o novo Bolsa Técnico vai atender 95 profissionais em Mato Grosso. Além das modalidades Nacional e Internacional, a reformulação inclui agora a categoria Técnico Base, visando contemplar também os treinadores de novos talentos no esporte.

O novo edital Bolsa Técnico será lançado assim que o anterior for finalizado. Até o momento já foram pagas cinco parcelas aos profissionais contemplados em 2021.

A lei de autoria do poder executivo que dispõe sobre as alterações e acréscimos no projeto OlimpusMT já foi aprovada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso e sancionada pelo governador Mauro Mendes. Confira AQUI