Pular para o conteúdo


O Palácio da Instrução, inaugurado em 15 de agosto de 1914, no governo de Joaquim Augusto da Costa Marques, é símbolo de uma época. O regime republicano no Brasil trouxe consigo, o signo da modernidade. O país deveria ingressar em uma nova era marcada pelo progresso e para tanto a escola teria um papel fundamental. Dessa forma foram construídas em vários estados da federação edificações especialmente destinadas a abrigar os grupos escolares. E durante 57 anos funcionou como instituição de ensino.

A arquitetura monumental marcava uma postura política e social da época que deveria impressionar a todos. O terreno escolhido para construção do Palácio tinha uma área de 4.757 m2 onde funcionava um quartel em ruínas. Foram erguidas 27 salas destinadas às atividades escolares, 04 gabinetes, sanitários, vestíbulo, 02 pátios internos e um salão nobre. Está edificado de forma monumental, com 1.286 m2 de área construída em cada pavimento, totalizando 2.572m2.

Em seu projeto original, o edifício abrigou inicialmente duas instituições públicas de ensino, sendo o piso superior ocupado pela Escola Normal Pedro Celestino; enquanto que no piso térreo foi instalada a Escola Modelo Barão de Melgaço. Posteriormente abrigou o Liceu Cuiabano, sendo que por 57 anos serviu como educandário (até 1971) promovendo a cultura e formando gerações de ilustres mato-grossenses. Por meio da portaria no 03, foi tombado como patrimônio histórico e artístico estadual em 1983.

O Palácio da Instrução abrigou, a partir de outubro de 1971, as sedes das Secretarias Estaduais de Segurança Pública de Interior. Em 1975, recebeu a Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça, bem como os museus de História, História Natural e Antropologia, a Pinacoteca e o Atelier Livre de Arte do Estado do Mato Grosso.

O prédio foi revitalizado e entregue à sociedade mato-grossense no dia 06 de dezembro de 2004, em trabalho realizado em parceria com a iniciativa privada. A partir de 2015, o piso superior do Palácio, com 1.147,50 m2 divididos em 11 salas e dois banheiros, passou receber grandes exposições: 31a Bienal de São Paulo – Itinerância Cuiabá, mostra Irigaray: Arte Cidade e o Salão Jovem Arte.  Atualmente também abriga a Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça.

O espaço foi equipado com projeto de luminotécnica contemporâneo utilizando lâmpadas de baixo consumo energético, ideal para receber grandes exposições. Assim, desde a sua fundação há mais de um século, o Palácio da Instrução tem servido à população mato-grossense, sempre dedicado à promoção do conhecimento, bem como à valorização da cultura, da ciência e das artes, promovendo e se destacando como um importante instrumento de cidadania.

Serviço

O Palácio da Instrução é um dos equipamentos culturais da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). Está localizado na rua Antônio Maria, nº 251, Praça da República, Centro de Cuiabá. O horário de funcionamento é segunda a sexta, das 8h às 18h.